O aumento de “patógenos prioritários” resistentes aos organismos antimicrobianos é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) um novo desafio para pesquisa e desenvolvimento (P&D) de novo fármacos que possam conter essa nova ameaça à saúde pública. No entanto, para que novos antimicrobianos possam ser desenvolvidos são necessários testes como o de Suscetibilidade Antimicrobiana (TSA), que irão apontar como os patógenos irão responder aos antimicrobióticos.

Com essa premissa e com o objetivo de melhorar a rotina dos profissionais, a Plastlabor investiu na pesquisa de um produto que pudesse atender às necessidades emergentes e desenvolveu o meio Caldo Mueller Hinton Cátion Ajustado (CAMHB), produto indicado para testes de sensibilidade quantitativa (microdiluição ou macrodiluição) de bactérias aeróbias Gram negativas e positivas de crescimento rápido e que possui uma variedade de agentes antimicrobianos.

O CAMHB foi desenvolvido seguindo as recomendações dos Comitês de avaliação de Sensibilidade, como EUCAST (Comitê Europeu de Testes de Suscetibilidade Antimicrobiana), CLSI (Instituto de Padrões de Laboratório e Clínico) e BrCast (Brazilian Committee on Antimicrobial Susceptibility Testing).

Outro teste também desenvolvido pela Plastlabor é o Ágar Mueller Hinton Sangue de Cavalo 5% β-NAD. O produto é destinado a realização de teste de susceptibilidade a antimicrobianos, devido ao rápido crescimento bacteriano através do método de difusão em disco (Kirby-Bauer) para testes de cepas de Streptoccus spp. e Hamophilus spp. O teste também foi desenvolvido segundo as orientações de validação do EUCAST/BrCast.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

17 + quinze =