Dia Mundial de Combate a TuberculoseO atual momento é de grande preocupação com a pandemia do coronavírus, mas outras enfermidades, como a Tuberculose que também afeta o sistema respiratório e pode causar fatalidades não pode ser esquecida. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença é a mais infecciosa e letal do mundo.

A OMS alerta que a situação é um reflexo da falta de ações eficazes dos países, que demonstram pouca ação para erradicar a doença. No Brasil, são notificados por ano aproximadamente 70 mil casos novos, com 4,5 mil fatais.

Por esse motivo, mesmo no meio da pandemia, o Dia Mundial de Combate à Tuberculose será mantido. O tema deste ano “É hora de agir” busca enfatizar a urgência em atuar nos compromissos assumidos pelos líderes globais para:

  • Aumentar o acesso a prevenção e tratamento;
  • Estabelecer a prestação de contas;
  • Garantir financiamento suficiente e sustentável, em particular para a pesquisa;
  • Por fim ao estigma e discriminação;
  • Promover uma resposta à tuberculose que seja equitativa, baseada em direitos e centrada na população.

Uma das preocupações é da proliferação de casos resistentes aos medicamentos utilizados no tratamento. Os principais sintomas da doença são: tosse persistente (por mais de duas semanas), febre, sudoração noturna, perda de peso, dores no peito e fadiga.

Com o objetivo de contribuir para o rápido diagnóstico e reduzir os casos no país, a Plastlabor licenciou a tecnologia desenvolvida pela UFMG, o KIT-SIRE Nitratase, que possibilita a detecção de resistência do Mycobacterium tuberculosis aos fármacos anti-tuberculose. Nos testes, a precisão de resultados foi superior a 90%. Confira mais informações sobre o produto ou entre em contato com o Departamento Comercial para mais detalhes sobre o KIT-SIRE Nitratase.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*