Pioneira na fabricação de meios de cultura prontos para uso no Brasil, a Plastlabor vem realizando ao longo dos anos inúmeros investimentos em automação e tecnologia para aumento de produtividade com qualidade.

Contudo é de conhecimento de poucos que alguns meios de cultura prontos para uso, que exigem muita tecnologia no preparo, tem como base o trabalho artesanal/manual.

Meios como o Lowenstein-Jensen, Ogawa, Bacillus cereus e Baird Parker são fabricados com suplementação de ovos de galinha, que passam por um processo especial de higienização e são quebrados um a um, exigindo cuidados especiais na manipulação. Em seguida, esses ovos são adicionados a bases de meios de cultura específicos.

Para a produção de alguns meios é necessário a realização da infusão de sementes para extração de compostos fenólicos para posterior adição a uma base com Ágar.

Insumos de uso alimentícios, como azeite e cerveja, também são incorporados a bases com Ágar para pesquisas de fungos e bactérias.

Outra etapa do processo produtivo que exige atenção especial é a formação do bisel nos tubos inclinados. Para uma área perfeita é necessário que cada tubo seja inclinado manualmente em uma estante preparada na angulação correta.

Para a produção destes meios de cultura, a Plastlabor conta com recursos especiais e uma equipe treinada, para garantir a qualidade em todas as etapas do processo.

Diogo Silva é Supervisor do Controle da Qualidade

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

um × 1 =